Diários de Leitura #1 | #MLI2017

O que os nossos acidinhos andam aprontando?

Já se passaram dois dias desde que iniciamos a Maratona Literária de Inverno 2017 (se você não faz ideia do que estamos falando, dá uma olhadinha aqui) e queremos trazer um relato real oficial de como está sendo toda essa experiência. Por isso, decidimos criar um diário de leitura pra contar o que estamos lendo, como estamos lendo, se estamos gostando ou não e todas as angústias e emoções de se correr uma maratona dessas.

Diário do Felipe #1

– Nível Fácil

Comecei e terminei “Torre de Babel”. Foi uma leitura meio complicada – não consegui parar e ler tudo de uma vez de um jeito tranquilo – mas deu pra aproveitar. Eu já tinha ouvido falar sobre os planos de contingência do Batman, mas nunca tinha lido nada sobre eles em prática. Pra quem não conhece a história: Ra’s Al Ghul resolve que a humanidade precisa ser diminuída pra salvar o planeta. Sabendo que os heróis da Liga da Justiça se meteriam em seus planos, ele põe as mãos nos planos de contingência do Batman. E aí começa nossa saga…

 

A arte, por vezes, me é estranha – por muito tempo, preferi os mangás aos quadrinhos justamente por esse tipo de traço. Mas hoje em dia, sem preconceitos, consegui aproveitar e desfrutar ao máximo.

 

Algumas vezes eu ficava meio perdido porque não acompanhei a Liga da Justiça dessa época nem li outras coisas, então volta e meia havia referências e comentários a outros eventos que eu nem ao menos sabia que tinham existido ou porquê tal personagem tá lá ao invés de outro.

 

Ainda sim, ver todos os conflitos foi ótimo (menos o Flash tendo convulsões na velocidade da luz, tadinho) e quero ler a continuação. Será que o Batman vai realmente ficar sem amigos?

 

Agora vou terminar de ler “A Vida, o Universo e Tudo Mais” – que estou na metade – pra poder ler “Até mais, e Obrigado pelos Peixes!”. Vou deixar “Os Senhores dos Dinossauros” por último, até porque estou numa vibe bem Guia e não quero ler um livro daquele tamanho no meio de um livro interminado, sabe?

 

* Gif reaction:

 

Diário da Jennifer #1

– Nível Intermediário

Desde que decidi aceitar o desafio intermediário fiquei meio apavorada. Eu passei de ler nada em meses, pra ler 20 páginas por dia não faz uma semana e agora me deparo com uma estimativa de +-115 páginas/dia com meus seis livros. Sem falar que minhas leituras prévias foram de um livro de poesia e outro de crônicas curtas. Um passo insignificante pra humanidade, um passado gigantesco para pobre menina Jennifer.

 

Meu começo foi um fracasso, saí queimando a linha de largada e quase que não li sequer minhas 20 páginas diárias (meu compromisso comigo mesma). Ah, estou lendo “Eleanor & Park”, que é meu livro às cegas. Já queria há algum tempinho começar a ler Rainbow Rowell, tanto por ela ser bastante cultuada na minha bolha, quanto por eu ter me desafiado a ler mais mulheres. O começo do livro foi meio complicado. Não sei se por que foi num domingo cansativo à noite, se por que é um livro YA e eu não estou habituada com esse tipo de literatura, mas eu já estava ficando preocupada que fosse empacar logo no primeiro livro.

 

A vida, porém, é uma caixa de chocolates – já diria a mãe do Forrest Gump – e é cheia de surpresas. No meu segundo dia, o livro começou a me surpreender positivamente! Rowell é uma gênia (e espero não estar tão empolgada cedo demais) e a evolução do livro acontece de uma maneira natural. O livro é contado em terceira pessoa, mas se divide entre as visões de Eleanor e Park sobre as situações. Então, como são dois adolescentes que estão se conhecendo, ele realmente começa devagar e até bobinho. À medida com que tudo acontece, as coisas se tornam mais fáceis, mais leves – é meio que a vida, em que as coisas são difíceis e lentas no começo, mas depois fica mais simples. E a escrita da autora consegue transmitir tudo isso.

 

Apesar de estar meio longe de qualquer uma das minhas metas – seja 115 páginas/dia ou 330 nesses dois dias, já que o primeiro foi fracasso total -, eu estou bem contente de ter escolhido esse livro para dar início aos trabalhos e mal posso esperar pelo que me aguarda nas próximas páginas.

 

* Gif reaction:

 

Desafio!!!

E já rolou o primeiro desafio da Maratona Literária de Inverno 2017! De acordo com sua categoria, os leitores deveriam produzir fotos.

  • Nível fácil: Uma foto que represente como você está se sentindo com sua leitura atual. Precisa ser VOCÊ na foto.
  • Nível intermediário: Uma foto que represente a capa de sua leitura atual, ou copiando algo nela. Se a capa não tem pessoas, você não precisa aparecer.
  • Nível hardcore: Uma réplica mais exata possível da capa de sua leitura atual. Usem a criatividade (Photoshop, app de celular, etc.)

Naturalmente, nós participamos, nos níveis fácil e intermediário, respectivamente. Eis os resultados:

Felipe está #chateado com o Morcegão sem amigos.

Perdão, Rainbow, pelo vacilo.

Está gostando da MLI? Nós estamos adorando. Então fica ligado aqui no site e nas nossas redes pra não perder nenhum update!

Leia mais sobre a Maratona Literária de Inverno 2017:

Links do EA:

Siga a Jennifer nas redes sociais:

Siga o Felipe nas redes sociais:

Share this post

Jennifer Baptista

Jennifer Baptista

Motherflippin crazy fangirl. Gosto de filmes de navinha, viagem no tempo, robôs gigantes alienígenas e alienígenas que não são robôs gigantes. Prefiro séries a pessoas e queria ser a River Song.